Carlo Ancelotti, treinador do Nápoles, virou-se contra a autarquia da cidade italiana pelo incumprimento nos prazos para as obras de melhoramento do Estádio San Paolo.

O clube napolitano realizou os dois primeiros dois jogos na liga italiana fora de casa para que as obras fossem concluídas na sua casa, propriedade do conselho de Nápoles.

O que é certo é que, a poucos dias do próximo compromisso em casa frente à Sampdoria para a Serie A, os balneários da equipa continuam convertidos num autentico estaleiro, como revelam imagens reveladas no twitter oficial do clube.

O técnico do clube, depois de ver o estado dos balneários mostrou a sua indignação.

"Vi as condições dos balneários do San Paolo. Não há palavras. Aceitei o pedido da direção para jogar os dois primeiros jogos fora de casa, para permitir que os trabalhos fossem concluídos, como prometido. Dois meses dá para fazer uma casa e eles não conseguiram remodelar os balneários! Onde vamos equipar-nos para o jogo contra a Sampdoria e o Liverpool? Estou indignado. (...) Como foram capazes de desconsiderar os compromissos assumidos? Vejo um desprezo pela equipa da cidade", explicou em comunicado publicado no site oficial do clube.

Em declarações à imprensa italiana Floriana Smiraglia, a diretora da obra, afirma que esta quinta-feira dariam início às operações de limpeza e que na sexta-feira o estádio seria 'entregue' em perfeitas condições.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.