O antigo defesa da seleção de Itália e do Inter de Milão, Mauro Bellugi, morreu este sábado aos 71 anos, meses depois de ambas as pernas terem sido amputadas após complicações com o coronavírus.

"Hoje ele deixa-nos, um grande homem, um grande jogador de futebol, um verdadeiro 'Interista'. Descanse em paz Mauro Bellugi", escreveu o Inter de Milão no Twitter após a morte de Bellugi em Milão.

Os médicos foram forçados a realizar uma amputação dupla em novembro, quando uma condição pré-existente piorou depois que o ex-jogador foi hospitalizado com COVID-19.

"Exatamente um ano após o primeiro caso da Covid na Itália, Mauro Bellugi deixa-nos", escreveu o presidente da região da Lombardia, Attilio Fontana, no Facebook.

"Marcado pelo vírus, o jogador nacional e do Inter tentou reagir a uma complicada situação de saúde com a sua força e ironia habituais. Uma oração e um pensamento pelos seus entes queridos."

Bellugi conquistou o título da Série A pelo Inter em 1971 e também jogou pela Itália nos Mundiais de 1974 e 1978.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.