“É inteligente e bom a centrar nele as atenções, mas não precisava de o fazer insultando outras pessoas”, disse o guardião italiano sobre as atitudes de José Mourinho.

O técnico do Inter lidera o “calcio”, mas na Liga dos Campeões a vida não está fácil para Mourinho: ontem cedeu um empate a dois golos na recepção ao Dínamo de Kiev. Em três partidas, a equipa milanesa soma, apenas, três pontos, fruto de três empates, num grupo onde ainda figuram os actuais campeões europeus, Barcelona, e os russos do Rubin Kazan, que também ontem fizeram tombar o gigante espanhol, ao vencerem em Camp Nou por 2-1.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.