Gianluigi Buffon tinha anunciado o abandona da seleção após o Mundial de 2018. Contudo, a eliminação dos italianos no playoff trocou-lhe as voltas e o guardião teve que deixou de jogar pela 'squadra azzurra'.

Contudo, o guardião revelou que vesteria novamente a camisola da sua seleção em situações especiais. Se lhe pedisse para assumir a baliza, Buffon diria presente.

"Estou com alguma idade e por isso tenho o direito de de fazer uma pausa. Mas se não houvesse guarda-redes e se me pedissem [para jogar], jogava por Itália até aos 60 anos", afirmou esta segunda-feira durante a gala da Juventus.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.