Cassano é reforço da equipa milanesa neste mercado de transferências de Inverno.

O contrato não dará entrada nos serviços da Liga italiana de futebol antes de 2 de Janeiro, data da abertura oficial do mercado de transferências, mas isso não impediu um acordo no sentido de o jogador poder integrar o referido estágio no Dubai para se ir ambientando à sua nova equipa.

Cassano foi autorizado a sair da Sampdória, que já não pretendia os seus serviços, após um acordo para o pagamento de uma cláusula de cinco milhões de euros ao Real Madrid, clube que representou em 2006/2007, que estava a emperrar a transferência para o AC Milan.

Esse montante será dividido em partes iguais pela Sampdória, AC Milan e o próprio jogador, segundo o diário desportivo Gazzetta dello Sport.

A chegada de Cassano ao AC Milan deve coincidir com a partida do brasileiro Ronaldinho Gaúcho e é encarada na perspectiva de substituir o ponta-de-lança Inzaghi, vítima de uma grave lesão que o deve obrigar a uma paragem até ao final da época.

Cassano, de 28 anos, tinha sido transferido em 2007 do Real Madrid para a Sampdória, mas um litígio entre o jogador e o clube de Génova levaram a Liga a envolver-se na mediação do conflito, que estalou depois de este ter insultado o presidente Roberto Garrone.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.