O Catânia foi hoje punido com descida à terceira divisão do futebol italiano, e sancionado com uma penalização de 12 pontos, pelo tribunal da Federação Italiana de Futebol, devido a um caso de viciação de resultados ocorrido na época passada.

A sentença imposta ao Catânia, que militava na segunda divisão, é mais pesada do que a pedida pela procuradoria, que pedia a descida de divisão e a retirada de cinco pontos.

O escândalo de viciação de resultados foi tornado público em junho, tendo o então presidente do clube, Antonino Pulvirenti, sido detido, juntamente com outros seis dirigentes.

Durante o inquérito, Antonino Pulvirenti confessou ter comprado cinco partidas por 100.000 mil euros cada, com o objetivo de salvar o clube de futebol siciliano da descida ao terceiro escalão de Itália.

Na semana passada, Antonino Pulvirenti foi proibido de participar em manifestações desportivas, de entrar em estádios durante cinco anos e condenado a pagar uma multa de 300.000 euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.