Depois do encontro frente ao Ajax, Edin Dzeko voltou a abordar o episódio que acabou por culminar no afastamento entre o jogador e o técnico e que ditou a mudança de capitão de equipa. O dianteiro fez o gosto ao pé frente aos holandeses e ajudou a qualificar a equipa para as meias-finais da Liga Europa.

"O mais importante é a Roma, não é o Dzeko ou a posição de capitão capitão. Foi com esse pensamento que continuei a lutar pelo lugar. Foi díficil aceitar algumas coisas, mas tenho uma mentalidade forte e não teria chegado tão longe na minha carreira se não fosse assim. Estou em Roma há seis anos, houve altos e baixos, esta época não foi a melhor por várias razões, mas não quero mais olhar para o passado. O que lá vai lá vai", atirou em declarações à Sky Sport Italia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.