A derrota do AC Milan frente a Juventus continua a dar que falar em Itália. Os campeões italianos sofreram, mas acabaram por ficar com os três pontos perante um Milan que fez uma boa exibição, mas cometeu erros cruciais.

Gattuso, treinador dos milaneses, gostou da exibição da equipa, mas nem todos os jogadores receberam elogios do técnico. Hakan Çalhanoglu que o diga.

"Fiquei furioso com o Çalhanoglu porque ele começa a discutir quando perde a bola. Não quero ver isso. Ele olha para o chão e começa a refilar com os companheiros de equipa. Se ele tivesse levantado o rabo do chão e corrido atrás da bola para a recuperar talvez não tivéssemos sofrido o segundo golo", disse o técnico.

Ao contrário de Hakan Çalhanoglu, André Silva foi muito elogiado, apesar de não ter marcado.

"Estou satisfeito com André Silva, começou por cometer um par de erros, mas depois foi acutilante e protegeu bem a bola", adiantou Gattuso, explicando a opção pelo internacional português, que substituiu aos 65 minutos: "O Cutrone jogou pela seleção de Itália, por isso o André Silva e o Kalinic estavam em melhores condições para jogar", justificou.

Sobre a exibição frente aos campeões italianos, Gennaro Gattuso lamenta não ter conseguido pontos, apesar do bom desempenho.

"Foi uma boa exibição, o que é bom, mas não posso estar satisfeito quando aquilo que fica nos livros é a derrota por 3-1. Ninguém se irá recordar da exibição que fizemos. Isso dói, não posso estar aqui a rir ou a fingir que estou feliz por só termos jogado bem. Dói-me e deve doer a toda gente, caso contrário ninguém será campeão a pensar dessa forma", atirou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.