O Génova, clube italiano em que alinham os futebolistas portugueses Pedro Pereira e Iuri Medeiros, cancelou o treino que tinha agendado para hoje devido à queda de um viaduto na cidade, que até ao momento provocou 22 mortos.

“Devido à tragédia que aconteceu na cidade de Génova, com a queda parcial da Ponte Morandi na autoestrada 10 (A10), o clube e o técnico Davide Ballardini decidiram cancelar o treino que estava marcado para esta tarde”, lê-se na página oficial do emblema transalpino na rede social Twitter.

Iuri Medeiros, que representa o Génova desde janeiro, reagiu também nas redes sociais, colocando uma foto da cidade com o gesto de reza.

O mesmo fez Viviano, guarda-redes que atualmente defende as redes do Sporting, mas que passou os últimos quatro anos na Sampdoria, outro dos clubes da cidade.

Além de Medeiros, outros jogadores do Génova reagiram ao acidente, incluindo o veterano Domenico Criscito, que ingressou esta temporada no clube vindo do Zenit São Petersburgo, contando que passou no viaduto precisamente 10 minutos antes da queda.

De acordo com o último balanço, 22 pessoas morreram no colapso parcial da Ponte Morandi, continuando em curso as operações de socorro.

As autoridades italianas avançaram que estiveram envolvidas no desastre mais de uma dezena de veículos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.