Zlatan Ibrahimovic foi um dos convidados da abertura do Festival de música de Sanremo, numa presença que lhe valeu algumas críticas. O sueco de 39 anos está lesionado mas mesmo assim respondeu positivamente ao convite.

"Sou profissional e quem me conhece sabe disso. Quando jogo futebol estou apenas focado nisso. Quero ajudar o Milan e retribuir à Itália o que me deu nestes anos, não só no futebol. Tive a oportunidade de ser convidado do Festival, um dos eventos mais importantes do país, por isso aceitei", disse o atacante.

Questionado sobre a polémica com Lukaku, no dérbi de Milão, o avançado do AC Milan explicou que não tem problemas pessoais com o belga que foi seu colega de equipa no Manchester United.

"Entre mim e Lukaku não há qualquer problema pessoal. O que acontece em campo fica em campo. Se ele quiser vir aqui, vou recebê-lo", atirou.

De recordar que os dois protagonizaram um momento feio no dérbi milanês no dia 26 de janeiro. Lukaku chegou mesmo a convidar Ibrahimovic para resolverem o problema "lá fora".

Outra polémica envolvendo Ibrahimovic foram as suas palavras contra LeBron James, estrela da NBA, por entender que o basquetebolista não devia envolver-se na política. O norte-americano tem sido uma figura ativa no seu país na luta contra o racismo, violência policial e discriminação.

"Racismo e política são coisas diferentes. Nós, desportistas, compartilhamos o mundo, a política divide. Todos são bem-vindos ao nosso meio, mas atletas devem ser atletas, políticos devem ser políticos. Apenas isso", esclareceu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.