Sem José Mourinho no banco, depois de ter sido expulso a semana passada frente à Juventus, o Inter colocou-se em vantagem logo aos 15 minutos de jogo através de um golo de Diego Milito.

Sempre controlador, o Inter dominou o jogo e a Atalanta nunca conseguiu incomodar seriamente Júlio César.

Sneijder primeiro e Samuel Eto’o depois dispuseram das melhores ocasiões para os campeões italianos poderem aumentar a vantagem.

Contudo, o holandês acabou mesmo por ser decisivo mas não da melhor maneira, já que acabaria por ser expulso devido a acumulação de amarelos, o que obrigou os nerazzurri a recuar e a tentarem gerir a curta vantagem até ao fim.

A Atalanta cresceu então no jogo e a 10minutos do final Tiribocchi, melhor marcador da equipa, repôs a igualdade depois de uma falha do central brasileiro Lúcio.

O Inter ainda procurou responder mas o empate manteve-se até final, impossibilitando o Inter de capitalizar ao máximo as derrotas dos principais rivais.

Ainda assim, o Inter reforça a liderança, com 36 pontos, mais 5 do que o AC Milan, que tem 31, e mais 6 do que a equipa de Turim, que ontem perdeu com o Bari e soma apenas 30 pontos.

Em San Siro, a equipa liderada por Leonardo não foi capaz de aproveitar o factor casa e Miccoli foi um dos carrascos de serviço, ao marcar o primeiro dos dois golos do Palermo esta tarde, em Milão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.