Sem a presença de Quaresma, o "derby" do Giuseppe Meazza, antecipado de "duelos" verbais ao longo de toda a semana, sorriu ao tetracampeão italiano de futebol, que chegou à vantagem pelo brasileiro Thiago Motta (0-1), aos 30 minutos.

Seis minutos volvidos, o argentino Diego Milito, na transformação de uma grande penalidade, elevou a vantagem do Inter para 2-0, e aos 40 minutos o AC Milan ficou reduzido a 10 unidades por expulsão de Gattuso, que se preparava para ser substituido por Seedorf e viu o segundo amarelo por falta sobre Sneijder, pouco depois da admoestação pelo derrube de Eto'o no lance do penalti.

Ainda antes do intervalo, e já no decorrer do período de descontos, o Inter voltou a marcar pelo brasileiro Maicon (0-3). Aos 67 minutos, foi a vez de o sérvio Dejan Stankovic marcar (0-4) e estabelecer o resultado final.

Com este resultado, o Inter de Milão, com uma vitória e um empate em duas jornadas, ascendeu provisoriamente ao primeiro lugar da tabela classificativa do campeonato italiano, cuja segunda jornada que se conclui domingo.

O outro jogo antecipado da ronda foi disputado entre o Bari e o Bolonha, tendo terminado com uma igualdade a 0-0 e com ambas as equipas empatadas no oitavo posto, com dois pontos, referentes a dois empates.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.