O Inter Milão assumiu hoje provisoriamente a liderança da Liga italiana de futebol, após vencer na receção ao Verona, por 2-1, num encontro em que deu a volta ao marcador, na 12.ª jornada.

Com Miguel Veloso ausente, devido a lesão, o Verona, nono classificado da Serie A, chegou ao intervalo em vantagem, com um golo de Verre, de grande penalidade, aos 19 minutos, mas a equipa da casa protagonizou a reviravolta na segunda parte.

O uruguaio Vencino, aos 65 minutos, refez a igualdade e, aos 83, Barella consumou a 'cambalhota' no marcador, que deixa o Inter isolado na frente da Serie A.

O emblema de Milão passou a somar 31 pontos, mais dois do que a Juventus, e fica a 'torcer' pelo vizinho e eterno rival AC Milan, que visita no domingo o emblema de Turim, naquele que pode ser o jogo 1.000 da carreira de Cristiano Ronaldo.

O Nápoles, sétimo posicionado, falhou a oportunidade de reentrar nos lugares europeus com um nulo caseiro perante o Génova, que saiu da zona de despromoção, num encontro em que Mário Rui foi suplente não utilizado na formação napolitana.

No primeiro jogo do dia, o Torino distanciou-se dos lugares de descida, ao vencer por 4-1 no terreno do Brescia, que continua no penúltimo lugar e pode mesmo terminar a ronda como o novo lanterna-vermelha da competição.

*Artigo atualizado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.