O futebolista internacional português João Cancelo classificou esta quinta-feira como “um novo desafio” e “uma grande responsabilidade” o seu ingresso no Inter Milão, clube ao qual chega por empréstimo dos espanhóis do Valência até junho de 2018.

“Tudo aconteceu muito rapidamente. Quando soube que o Inter estava interessado, aceitei imediatamente o desafio. É um dos clubes mais importantes da Europa. É uma grande responsabilidade jogar por uma equipa com tanto prestígio”, disse Cancelo, na sua apresentação oficial na formação de Milão.

O lateral-direito português, que vestirá a camisola número sete que já pertenceu a Luís Figo, considerou a liga italiana como uma prova “muito competitiva”.

“Sei que foi a camisola de Figo, um dos melhores jogadores portugueses, mas não quero imitar ninguém. Escolhi o sete, porque é o dia de nascimento da minha mãe”, referiu.

João Cancelo, de 23 anos, considerou que João Mário, que chegou ao Inter Milão na época passada, “é um dos melhores portugueses da atualidade”.

Cancelo e João Mário foram hoje convocados pelo selecionador Fernando Santos para o duplo confronto da fase de qualificação para o Mundial de futebol frente às Ilhas Faroé e à Hungria, depois de terem falhado a Taça das Confederações.

O defesa não marcou presença na Rússia por ter estado ao serviço da seleção sub-21 no europeu da categoria, enquanto o médio ficou fora da competição por lesão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.