Um juiz de Milão solicitou uma pena de três anos e oito meses de prisão para o jogador brasileiro Mancini, acusado de agressão sexual contra uma mulher numa festa organizada pelo então companheiro de equipa Ronaldinho, informa a imprensa italiana.

O fato terá acontecido na madrugada de 8 para 9 de dezembro de 2010. Depois de uma festa na casa de Ronaldinho, quando os dois jogavam no AC Milan, Mancini teria, segundo a acusação, violado uma jovem modelo brasileira, que estaria embriagada.

Mancini afirma que a relação sexual foi consentida. Segundo o jornal La Gazzetta dello sport, a mulher teria retirado a denúncia, mas o processo judicial prosseguiu aguardando-se uma decisão dos tribunais no próximo dia 28 de novembro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.