O Inter ficou praticamente arredado da luta pelo título à 10.ª jornada, ao perder hoje em casa por 2-1 frente à Juventus, líder do campeonato italiano de futebol, que comanda com 19 pontos, mais 11 do que a equipa milanesa.

A “Vecchia Signora”, que ainda não perdeu qualquer jogo, somando cinco vitórias e quatro empates, confirmou o bom momento que atravessa e impôs-se ao Inter, cujo início desastroso de campeonato compromete a sua candidatura ao título.

A equipa de Turim abriu o marcador logo aos 12 minutos, através de Vucinic, mas o Inter respondeu com um grande golo de Maicon, aos 28, com um remate imparável, descaído sobre o lado direito.

No entanto, a igualdade não durou cinco minutos, com Marchiso a recolocar a Juventus em vantagem, aos 33 minutos, a qual preservou até final da partida, graças à consistência defensiva que revelou, apesar dos esforços do Inter na segunda parte para dar a volta ao jogo.

Noutra partida importante da 10.ª jornada, o campeão em título, o AC Milan, foi ao terreno da Roma vencer por 3-2, com o internacional sueco Ibrahimovic a cotar-se como a figura da partida, ao marcar os dois primeiros golos da formação milanesa.

O sueco abriu o marcador aos 17 minutos, o central argentino Burdisso restabeleceu a igualdade aos 28, mas outro central, o veterano Nesta, voltou a pôr o AC Milan na frente, dois minutos depois.

Na segunda parte, Ibrahimovic foi mais uma vez decisivo, ao assinar o terceiro golo do AC Milan, aos 78 minutos, despejando um “balde de água fria” sobre os romanos, que bem tentaram chegar ao 2-2 durante a segunda parte.

O golo do ex-FC Barcelona, o avançado espanhol Bojan, aos 87 minutos, serviu apenas para amenizar a derrota, que permitiu ao Catania, que recebeu e venceu hoje o Nápoles por 2-1, ultrapassar a AS Roma na tabela classificativa.

De resto, a derrota da equipa napolitana, que, à entrada da 10.ª jornada, era quarta classificada com 14 pontos, a um da Udinese e da Lazio e a dois da líder Juventus, constituiu meia surpresa, tendo em conta as aspirações da equipa do sul de Itália.

O Nápoles adiantou-se cedo no marcador, logo no primeiro minuto, pelo internacional uruguaio Edilson Cavani, uma das grandes figuras do Cálcio, mas o Catania deu a volta ao marcador, aos 25 e 48 minutos, através dos golos de Marchesio e do argentino ex-Benfica, Bergessio.

A 10.ª jornada completa-se no domingo com os jogos Siena-Chievo, Udinese-Palermo, Fiorentina-Génova, Bolonha-Atalanta, Parma-Cesena, Lecce-Novara e Cagliri-Lazio.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.