Uma ineficaz Juventus não foi hoje além do empate a zero com a Lázio, um resultado que pode permitir aos mais diretos adversários aproximarem-se do líder destacado da Liga italiana de futebol.
Em Turim, foram evidentes os problemas de concretização da “Juve”, que criou muitas ocasiões, mas foi incapaz de concretizar a sua superioridade.
Sem Andrea Pirlo, castigado, nem Mirko Vucinic, com gripe, os líderes do Calcio encontraram uma Lazio defensiva e motivada, depois de ter ganho o “derby” romano com a Roma (3-2) no último fim de semana, e cederam terreno aos perseguidores.
A 13.ª jornada pode ser, assim, aproveitada pelo Nápoles, que soma 26 pontos e joga hoje com o AC Milan, e pelo Inter, que tem 27 e recebe no domingo o Cagliari, para reduzir a diferença para a Juventus (32).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.