A Juventus, com o português Tiago no lugar de Camoranesi a partir dos 31 minutos, esteve a vencer por 2-0, com golos de Trezegut e Giovinco, aos 35 e 54 minutos, mas foi impotente para travar a reacção do Nápoles, que marcou por Hamsik, aos 59 e 82, e Datolo, aos 64.

No outro jogo antecipado da jornada, o AC Milan venceu o Parma, por 2-0, com golos de Borriello, aos 12 e 93 minutos, e ascendeu ao quarto lugar da tabela classificativa do campeonato italiano.

A maior parte da 11.ª jornada do "calcio" decorre domingo, com o Inter de Milão do português José Mourinho a defender a condição de líder, com quatro pontos de vantagem sobre a Juventus, no recinto do Livorno.

A Sampdoria, actual terceira classificada, vai tentar alcançar a segunda posição, por troca com a Juventus, em casa frente ao Bari, 10.º classificado com 14 pontos nos 10 jogos realizados.

Os restantes jogos da 11.º jornada do campeonato transalpino opõem as seguintes equipas: AS Roma-Bolonha, Chievo-Udinese, Fiorentina-Catania, Siena-Lázio, Palermo-Génova e Cagliari-Atalanta. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.