A Juventus perdeu na deslocação ao terreno do Nápoles por 1-0, na 22.ª ronda da Liga Italiana. Lorenzo Insigne, de grande penalidade, fez o único tento do jogo. Com a vitória, os napolitanos igualaram a Lazio no 5.º posto, com 40 pontos. A Juventus mantém-se no 3.º lugar, com 42 pontos.

Invulgar o facto de Cristiano Ronaldo não ter marcado hoje, mas mantém-se no comando da lista de melhores marcadores da Serie A com 16 golos, ainda que perseguido por três goleadores, como são Ciro Immobile, da Lazio, Romelu Lukaku, do Inter, e Zlatan Ibrahimovic, do AC Milan, todos com 14.

O internacional português Mário Rui não só foi titular na formação napolitana, como jogou durante os 90 minutos.

Com esta derrota, a Juventus, que defronta o FC Porto na próxima quarta-feira, corre o risco de ficar a 10 e oito pontos do AC Milan e do Inter, primeiro e segundo classificados, respetivamente, caso estas duas equipas vençam os seus jogos.

No Estádio Diego Armando Maradona, a Juventus tentava encurtar distâncias para o Inter, segundo colocado, frente a uma formação que luta por lugares de acesso à Champions. A formação orientada por Gennaro Gattuso marcou aos 31 minutos, numa grande penalidade convertida por Lorenzo Insigne. O lance nasce de um toque Chielinni com o braço sobre Rrahmani na área da Juventus. O VAR alertou o árbitro que apontou para a marca da grande penalidade. Era o golo 100 de Insigne pelo Nápoles.

Perto do intervalo a Juventus teve uma oportunidade, num livre de Cristiano Ronaldo em zona frontal, mas o remate do internacional português ficou na barreira.

Ao intervalo, Andrea Pirlo trocou o amarelado Cuadrado por Alex Sandro.

A perder, a Juventus subiu de rendimento e foi à procura de pontos. Logo aos 49 minutos, Cristiano Ronaldo podia ter marcado mas o seu remate, de pé esquerdo, na pequena área, acabou no peito de Meret. Dois minutos, outra vez Ronaldo, de livre direto, novamente Meret a encaixar.

Aos 56 minutos, Chiesa também teve uma boa hipótese de empatar, depois de livre, mas o remate do extremo foi defendida pelo guarda-redes Meret, um dos melhores da noite.

A Juventus pressionava, tentava de todas as formas chegar ao golo mas não estava fácil. Cristiano Ronaldo voltou a ter nova oportunidade aos 77, num arrancada pelo lado esquerdo mas o seu tiro foi defendido, com dificuldades, por Meret. O guardião dos napolitanos era o protagonista do jogo.

E se dúvidas houvesse sobre o Homem do Jogo, Meret acabou por desfaze-las, com mais uma intervenção de grande nível aos 90, a negar o tento a Cristiano Ronaldo.

A Juventus soma 42 pontos, menos sete que o líder Milan que defronta hoje o Spezia.

O FC Porto recebe no estádio do Dragão, na quarta-feira, a partir das 20:00, a Juventus, em jogo da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.