Romelu Lukaku da experiência que é viver em quarentena, em Itália, face ao surto do coronavírus.

"Quase perdi a cabeça ontem. Não posso sair, não posso treinar. Estou fechado à nove dias», começou por explicar, antes de contar como mantém a forma em casa. «Todos os jogadores vivem no centro de Milão, em apartamentos. O Milan perguntou quem é que não tinha bicicleta estática ou uma passadeira e toda a gente quis. Passado duas horas, estavam aqui em casa", disse em declarações ao canal de youtube de Ian Wright.

O dianteiro belga do Inter confessa que tem saudades da vida normal.

"Tenho saudades da vida normal. Estar com a minha mãe, o meu filho, o meu irmão… Estou a pensar em toda a gente. É mau, não podes ter contato com ninguém. Tenho saudades de treinar, de jogar na frente de adeptos. Agora começas a apreciar o que tens. Sou um sortudo. Eu e o meu irmão impedimos a minha mãe de sair. O meu fisioterapeuta está aqui comigo. O clube traz comida todos os dias, por causa da dieta."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.