Huntelaar deve deixar o AC Milan na reabertura do mercado de transferências, em Janeiro. Sem conseguir impor-se na equipa treinada pelo brasileiro Leonardo, o avançado holandês é já visto em Milão como dispensável.

A grave crise que o clube atravessa, quando se sucedem os maus resultados na Série A italiana, também não tem ajudado à adaptação do jogador, que teve também uma passagem discreta pelo Real Madrid.

O colosso milanês presidido por Silvio Berlusconi já pensa nas alternativas possíveis, destacando-se o brasileiro Adriano, o russo Pavlyuchenko e o italiano Luca Toni.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.