A AS Roma viu-se derrotada quarta-feira pelo Bolonha em mais uma jornada da Serie A e José Mourinho não poupou nas críticas ao árbitro na conferência de imprensa que se seguiu ao encontro, entre elogios aos seus jogadores.

"Parabéns ao Bologna pelo bom jogo que fez. E parabéns aos meus jogadores, que deram tudo, contra tudo e contra todos. Lesões antes do jogo, lesões durante o jogo... Tenho orgulho nos meus rapazes e estou com eles. Se fosse o Zaniolo começa a pensar que fica difícil jogar na Serie A...", comentou, em tom irónico, o treinador português, aludindo às entradas mais duras de que foi alvo o seu jogador.

Mourinho apontou o dedo não só à agressividade demonstrada pelos adversários com a conivência do juiz do encontro, mas também ao critério disciplinar deste. "Tenho de arranjar uma equipa nova para jogar no sábado. Felizmente tirei o Mancini, caso contrário ele também teria visto o cartão amarelo e não podia jogar contra o Inter", acrescentou.

A Roma, que sofreu assim a sua sexta derrota da temporada na Serie A, segue no quinto lugar da classificação da prova, com 25 pontos, mas agora mais distante dos quatro primeiros lugares da tabela.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.