O Nápoles obteve hoje uma vitória “arrancada a ferros” na recepção ao Palermo, graças a um único golo de Christian Maggio ao minuto 90, em jogo que encerrou a 15ª jornada da Liga italiana em futebol.

Com esta vitória, a equipa napolitana alcançou a Juventus no terceiro lugar, com 27 pontos, quedando-se a três do segundo classificado, a Lazio, e a seis do líder AC Milan, rivais que também venceram os respectivos jogos da 15.ª jornada.

Com esta derrota, o Palermo manteve o quinto lugar, com 23 pontos, os mesmos do sexto, o Inter, campeão em título, mas a distância de ambos para a Juventus e o Nápoles é agora de quatro pontos.

A jornada ficou marcada pelos triunfos dos quatro primeiros classificados e pela derrota (3-1) do campeão, o Inter, na deslocação a Roma para defrontar a Lazio, derrota essa que começa a pôr em causa a revalidação do título tendo em conta os dez pontos de atraso em relação ao líder AC Milan.

De destacar, ainda, a vitória do Génova dos portugueses Eduardo e Miguel Veloso em Lecce, por 3-1, para a qual deram contributo importante.

No caso de Veloso, que fora recentemente criticado de forma indirecta e dura pelo presidente do clube, Enrico Preziosi, teve acção directa no resultado ao assinar duas assistências de que resultaram os dois primeiros golos do Génova, marcados por Luca Toni e Andrea Rannochia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.