O Nápoles conseguiu hoje a segunda vitória consecutiva na Liga italiana de futebol ao vencer por 4-2 em casa da Sampdoria, no fecho da 22.ª jornada, após ter desperdiçado uma vantagem de dois golos.

Os napolitanos, que contaram com Mário Rui durante todo o jogo, voltaram às vitórias e ocupam o 10.º lugar, agora com 30 pontos, a dois do sexto lugar do Cagliari, último posto de acesso às competições europeias, enquanto a equipa da casa segue em 16.º, com 20.

Com uma tocha a arder no interior da área da ‘Samp’, arremessada por um adepto, o Nápoles adiantou-se no marcador logo aos três minutos, num cabeceamento do polaco Milik, após cruzamento do compatriota Zielinski.

Aos 16, foi o macedónio Elmas a estrear-se a marcar pelos napolitanos, com um toque fortuito após um canto que foi embater em vários jogadores, mas 10 minutos depois o ‘veterano’ Quagliarella voltou a colocar a equipa da casa no jogo, com um grande golo, num ‘vólei’ após passe do sueco Ekdal.

No segundo tempo, o Luigi Ferraris foi palco de um golo anulado ao uruguaio Martínez, que daria o empate, ainda que este tenha chegado aos 73, numa grande penalidade convertida por Manolo Gabbiadini.

A formação orientada por Gennaro Gattuso reagiu e, aos 83, o alemão Demme, que tinha entrado aos 61, fez o 3-2 numa recarga, antes de Mertens aproveitar, aos 90+8, uma saída em falso do guarda-redes Audero para aumentar a vantagem.

A ‘Serie A’ continua a ser liderada pela Juventus, que no domingo venceu a Fiorentina com dois golos de Cristiano Ronaldo, por 3-0, e tem 54 pontos, mais dois que o segundo, o Inter de Milão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.