Nicola Pozzi foi suspenso quarta-feira por um jogo por ter alegadamente proferido, no final do jogo de domingo contra o Cesena, para a Liga italiana, a expressão tida como ultrajante “Porco Dio” (Porco Deus).

“É um absurdo”, defende Di Carlo. “Ele terá dito qualquer coisa 20 minutos após o termo do jogo, num corredor, conversando com um colega e comendo uma sanduíche de presunto. Devemos ter um pouco mais de senso”, explicou.

A Sampdoria está ainda mais indignada pelo facto de no mesmo dia o jogador Cesare Bovo, do Palermo, ter gritado “Porco Dio” a um árbitro assistente, num desabafo registado pelas câmaras televisivas, sem ter incorrido em qualquer castigo.

A confirmar o castigo aplicado a Nicola Pozzi, o jogador da Sampdoria – sexta classificada da Liga italiana de futebol - falhará a recepção no domingo ao Catânia (14.º), em jogo referente à 10.ª jornada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.