Baldini assegurou, em entrevista ao canal Skytg24, que se tratou de uma decisão pessoal do treinador espanhol, na medida em que o clube entende que se realizou um bom trabalho e que «não houve fracasso».
O responsável da AS Roma acrescentou que Luis Enrique, de 42 anos, decidiu fazer uma pausa na carreira e que não treinará nenhum clube na próxima época.
«É uma pessoa que vive intensamente o seu trabalho, razão pela qual os resultados o influenciaram muito. Como ele irá explicar no sábado, foi um enorme gasto de energia, que o deixou esgotado», justificou Baldini.
Ainda de acordo com o diretor-desportivo romano, Luis Enrique tomou a decisão de sair depois de perder em casa com a Fiorentina por 2-1 e ter visto os protestos dos adeptos, que rodearam o autocarro a pedir explicações.
A uma jornada do final da Série A italiana de futebol, a AS Roma é sétima classificada, com 53 pontos, uma posição que a deixa fora das competições europeias da próxima época.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.