Em entrevista publicada, esta terça-feira, no diário italiano La Stampa, Moratti aborda o passado recente e o futuro do Inter de Milão, na véspera de começar a trabalhar no clube o técnico brasileiro Leonardo, que vai substituir Benítez.

Questionado sobre se teria pesado a sombra da herança deixada por Mourinho no Inter, Moratti respondeu: “Sim, a ele (Benítez) muito. Via-se que a sentia. Falava muitas vezes nisso, talvez para justificar-se”.

Moratti diz acreditar que esse peso não irá recair sobre Leonardo, considerando que essa fase terá terminado com Benítez.

“Leonardo tem uma personalidade que não irá ser influenciada pelas recordações de Mourinho”, sustenta o presidente do Inter.

Massimo Moratti garante que sempre demonstrou o seu apoio público a Benítez, inclusive perante resultados menos bons, apesar do treinador espanhol ter dito o contrário, após conquistar o Mundial de Clubes em Abu Dabi.

“Custa-nos sair de este período pouco brilhante. Isto exceptuando o Mundial, claro está, que era uma meta demasiado importante para pensar em fracassar”, acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.