Leonardo está na corda bamba no AC Milan e os possíveis sucessores já fazem fila para o seu lugar. Segundo a imprensa italiana de hoje, o holandês Marco Van Basten é o mais bem colocado para ocupar a posição do treinador brasileiro. Leonardo até já recebeu um voto de confiança, o que normalmente no futebol é um prenúncio de despedimento.

"Tenho certeza de que, com esse grupo, podemos atingir todos os objetivos. Já falei também com [o primeiro-ministro italiano e dono do clube Silvio] Berlusconi, e ele, mais uma vez, expressou-me confiança nos jogadores e em Leonardo", afirmou esta semana o administrador Adriano Galliani.

Assim, uma derrota com o Atalanta neste fim-de-semana poderá significar o fim da era do brasileiro no clube. Os contactos com Van Basten - que se celebrizou em Milão como avançado de eleição - já foram estabelecidos e vão intensificar-se caso a crise dos rossonero se agrave no próximo jogo.

No entanto, o clube liderado por Sílvio Berlusconi tem outras opções em carteira, como o ex-jogador Filippo Galli, que faz parte dos quadros técnicos da formação do Milan, ou Walter Mazzari, que promoveu o Livorno até à Série A.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.