A data limite para a oficialização da venda do AC Milan pela Fininvest a um grupo de investidores chineses foi adiada de 13 de dezembro para 03 de março de 2017, anunciaram hoje a partes, em comunicado.

Apesar de o processo de venda ter sido adiado, a Sino-Europe Sports, que representa os investidores chineses, comprometeu-se a pagar 100 milhões de euros (ME) até 12 de dezembro, depois de já ter feito um pagamento inicial no mesmo valor, em setembro.

A venda de 99% do clube italiano de futebol pela ‘holding’ de Silvio Berlusconi – que já tinha deixado em aberto a possibilidade de a concretização do negócio ser adiada - foi acordada em agosto, no valor total de 740 ME.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.