O treinador do FC Porto, André Villa-Boas, deslocou-se “outra vez” a Milão, de acordo com o diário Gazetta dello Sport, a convite do presidente do Inter, Massimo Moratti.

Segundo avança o diário desportivo transalpino na sua edição de sábado, o técnico portista é o principal candidato a suceder a Leonardo no comando da equipa italiana e terá viajado a Itália para se encontrar com o presidente do Inter, Massimo Moratti.

Apesar do contínuo interesse dos nerazzurri em contratar o treinador português, a cláusula de rescisão de Villas-Boas está fixada nos 15 milhões de euros, valor que torna a operação difícil de se vir a concretizar.

O presidente do Inter já manifestou admiração pelo trabalho desenvolvido por André Villas-Boas, e terá mesmo garantido que o nome do próximo treinador dos nerazzurri será conhecido «na próxima semana».

«Será um fim-de-semana de trabalho. Vamos estudar as diferentes possibilidades», disse Moratti à imprensa italiana.

Numa sondagem realizada pela Gazzetta dello Sport, o nome do técnico português foi o mais votado para suceder a Leonardo no comando técnico do Inter de Milão. Na sondagem realizada até às 20h30 de sexta-feira, André Villas-Boas reuniu 27,9 por cento dos votos contra 16,8 do ex-treinador do Palermo, Delio Rossi, numa votação onde participaram 20.820 votantes. Em terceiro ficou Sinisa Mihajlovic, que segundo a imprensa italiana terá rejeitado sair da Fiorentina.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.