Um jogador da equipa navalista recorreu ao Hospital Distrital da Figueira da Foz na quinta-feira e, após realizar exames e análises, ficou em isolamento.

Entre quinta-feira e sábado, mais seis jogadores recorreram àquela unidade hospitalar com os mesmos sintomas e outros três deram entraram no hospital na madrugada de hoje.

Perante as suspeitas, o médico do clube, em conjunto com a Direcção, decidiu que a equipa não se apresentasse hoje no encontro com o Condeixa, a contar para o Campeonato Distrital da Associação Futebol de Coimbra.

A medida foi justificada com o argumento de que os jogadores que ainda não apresentam sintomas de gripe também podem estar contaminados, correndo assim o risco de contagiarem outros colegas e adversários.

O futebol de formação da Naval 1.º de Maio tem cerca de duas centenas e meia de jovens, os quais partilham diariamente instalações desportivas e de apoio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.