O FC Porto júnior, que se sagrou campeão nacional na passada quarta-feira, defronta o Gondomar no grande palco do clube, o Estádio do Dragão, de forma a comemorar o título.

Em superflash de antevisão do desafio correspondente à 13.ª jornada da fase final do campeonato nacional de juniores, Rui Gomes partilhou a mensagem que transmitiu aos jovens depois de se sagrarem campeões nacionais.

«Ganhar e óptimo, mas o percurso não termina aqui. Quem pensa, aos 18 ou 19 anos, que ganhar o título é o fim da linha está muito enganado. Se chegaram aqui, é sinal de que fizeram muita coisa bem feita, de que abdicaram de muito. Mas este é um êxito muito relativo. O verdadeiro êxito destes jogadores será fazer uma carreira no futebol profissional e ter muito sucesso. Este é apenas mais uma etapa das muitas que vão ter de percorrer. É importante que não se deslumbrem, porque este título é efémero», disse o técnico da formação portista, esta sexta-feira, no Olival.

Rui Gomes falou ainda sobre o percurso destes jovens Dragões.

«Obviamente que este título não foi fácil. Foi um longo percurso. Nesta fase final, estiveram presentes as oito melhores equipas nacionais, o que reforça a exigência. Este novo modelo agrada e favorece os interesses do futebol de formação. Permite aos melhores jogadores nacionais realizar um maior número de jogos de complexidade e carga emocional elevada, o que auxilia o seu crescimento e desenvolvimento. Mesmo não sendo um modelo perfeito, é melhor do que o dos anos passados», explicou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.