O Real Madrid conquistou, este domingo, a Supertaça de Espanha, depois de bater nas grandes penalidades o Atlético de Madrid de João Félix.

Antes do final, Federico Valverde foi expulso por travar Morata que se isolava. Acabou por ser um lance muito importante, já que provavelmente daria golo dos colchoneros. Apesar da expulsão, o médio uruguaio de 21 anos foi considerado o melhor jogador em campo e acabou por ser muito elogiado, até pelo treinador da equipa adversária.

"A jogada de Valverde foi a mais importante de todo o encontro. Ele fez o que tinha de fazer naquele momento. O prémio de melhor jogador em campo faz perfeito sentido porque a decisão dele deu a vitória ao Real Madrid", disse o treinador dos colchoneros.

Também Zidane elogiou a atitude do seu pupilo. "Fez o que tinha de fazer. É verdade que foi uma entrada dura, mas tinha de ser feita. No final, o mais importante é que ele pediu desculpa a Morata porque eles já se conhecem há muito tempo", referiu o treinador francês do Real Madrid.

Já o próprio Valverde considerou que a entrada podia ter sido evitada. "Não o devia ter feito. Peço imensa desculpa ao Morata, mas era a única coisa que eu podia fazer porque ele é um jogador muito rápido. Estou feliz por ter recebido o prémio, mas continuo triste por ter feito aquilo que fiz", admitiu o jovem jogador.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.