Há cinco semanas a trabalhar no Sporting, Jorge Jesus prometeu não usar o pouco tempo à frente nos leões como justificação para a prestação que o emblema leonino irá ter na Supertaça, que se decide este domingo no Algarve, frente ao rival Benfica.

Numa conferência de imprensa realizada no Estádio do Algarve, o treinador dos leões - e antigo timoneiro dos encarnados - preferiu destacar o mérito da sua atual equipa em estar presente na luta por este troféu. "É bom sinal para o Sporting, é sinal que é vencedor de um troféu e que tem direito a estar aqui. Só chegam a estes confrontos os melhores e o Sporting está aqui por direito próprio. Não vamos arranjar desculpas. Estamos a trabalhar há cinco semanas com uma nova ideia. Todos estão ainda em aprendizagem e eu também poque estou a conhecê-los", disse, acrescentando: "O adversário não é muito importante. Numa final temos de jogar com quem for. É o primeiro jogo a sério. Os jogadores do Sporting por enquanto não estão muito habituados a finais e é natural que haja alguma ansiedade."

Sobre a Supertaça, que volta a reeditar um dérbi que não acontecia aqui desde 1986/87, Jorge Jesus sublinhou a ambição mútua de vitória. "É uma final entre dois rivais e em que ambos têm a consciência do que é uma final, ambos querem ganhar e vamos ver quem é o melhor", explicou.

Num balanço positivo do trabalho já realizado nesta pré-temporada, Jorge Jesus realçou ainda o empenho e apoio da estrutura à sua equipa técnica. "Dentro do trabalho das cinco semanas que temos estou muito satisfeito. São jogadores inteligentes e fui muito bem recebido. Todos estão a dar tudo à equipa técnica, unidos por um objetivo", frisou.

Já em relação a jogadores como Teo Gutierrez ou Bryan Ruiz, o técnico do Sporting alimentou a hipótese dos dois reforços se estrearem pelos leões nesta Supertaça. "Sim, podem jogar. São dois jogadores em quem acreditamos", resumiu, sem querer confirmar que usará o mesmo onze que alinhou frente à Roma, Em sentido inverso, Jorge Jesus descartou a utilização do italiano Aquilani e do brasileiro Bruno Paulista no jogo com o Benfica.

A terminar, Jorge Jesus negou a existência de qualquer sentimento especial por ir encontrar a sua anterior equipa no seu primeiro jogo oficial ao comando do Sporting. "É verdade que é o primeiro jogo a sério pelo Sporting, mas não tem nada de especial. Felizmente nestes últimos seis anos estive em muitas finais, só não estive numa Champions", sentenciou.

A Supertaça entre Benfica e Sporting joga-se este domingo, às 20h45, no Estádio do Algarve.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.