Um adepto do Sporting foi agredido na noite desta terça-feira em Braga, depois da meia-final da Taça da Liga que opôs o Sporting de Braga e o Sporting.

Tudo aconteceu por volta das 23h00, quando o adepto se dirigia para o restaurante onde iria jantar com a namorada. O adepto explicou ao 'Jornal de Notícias' que tinha a camisola do Sporting vestida, mas que não tinha ido assistir ao jogo no Estádio.

"Mal entrei na sala, um jovem de uma mesa de sete ou oito pessoas começou a ameaçar-me. Disse que me partia todo se não tirasse a camisola", começou por explicar o adepto leonino, Joel Martins.

Depois das ameaças, o adepto decidiu esperar à porta do restaurante pelo jantar. "Estava eu lá fora e, de repente, o indivíduo que me tinha ameaçado aparece com um bastão preto, de meio metro, e outros dois homens atrás", acrescentou, esclarecendo que tinham entre 20 e 30 anos.

Joel Martins explicou ainda que, de seguida, os homens o agrediram com o bastão na cabeça e na perna, além de ameaçarem a namorada do jovem.

"Racharam-me a cabeça. Comecei a gritar e a dizer para pararem, que não sabia quem eu era, que até podia ser polícia", contou o adepto, que é oficial do Exército.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.