Com o mesmo “onze” da ronda inaugural, a formação que veio da II divisão ganhou graças a um tento na própria baliza de Elizio, aos 29 minutos, num embate equilibrado na primeira parte e que só animou após o golo.

O tento chegou na sequência de um livre cobrado a direita do ataque, por Paulinho, e animou o jogo, sobretudo o futebol dos locais, que quase voltaram a marcar aos 36 minutos, quando Elizio desviou para canto uma jogada de Hugo Monteiro.

Ainda na primeira parte, mais precisamente aos 42 minutos, Nené rematou de fora da área, depois de uma jogada de insistência do experiente Jorge leitão.

Para a segunda parte, o técnico do Penafiel fez sair Weslem para a entrada de Manoel e aumentou a frente de ataque, com o jogador recém-entrado a perder uma boa oportunidade, logo aos 49 minutos.

Os forasteiros mostravam vontade, mas faltava-lhes lucidez, e acabou por ser o Arouca a estar mais perto de novo golo, num remate de Jorge Leitão, que fez a bola embater no poste esquerdo, aos 85 minutos.

Como o triunfo, o Arouca manteve-se na corrida ao apuramento para a segunda fase da competição: soma os mesmos quatro pontos do Freamunde, que hoje goleou em casa o Belenenses por 5-1, enquanto o Penafiel soma três.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.