Após o clássico entre Benfica e FC Porto, para a Taça da Liga, Luís Filipe Vieira garantiu que há árbitros em Portugal que estão "condicionados" e aproveitou também para enviar um recado a José Fontelas Gomes, presidente do Conselho de Arbitragem.

“Basta ver o que se passou com a história dos emails para ver que há determinados árbitros que foram praticamente escorraçados, corridos da arbitragem. Nem sabemos porquê. Hoje ele sabe e eu sei que há árbitros que estão condicionados. Foram ameaçados e as suas famílias também. Eles sabem. Não querem descobrir a verdade não sei porquê. Agora alguma coisa se está a passar em todo o lado que é penalizante. Estamos a ficar severamente preocupados”, defendeu Vieira na zona mista.

Luís Filipe Vieira, que lembrou que o clube foi condenado na praça pública, mas que até ao momento nenhum tribunal o castigou, garante que “ninguém vai vergar o Benfica”.

“Não podemos ter papas na língua: ninguém nos vai vergar e hoje ficou aqui demonstrado neste campo que a tal equipa que era para abater levantou-se novamente. Deu show de bola nos primeiros 30 minutos e não virou o resultado por má sorte”, opinou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.