Vitória do SL Benfica sobre o Sporting no minuto final. Os encarnados venceram os velhos rivais por 2-1, resultado que qualifica pela terceira vez consecutiva o SL Benfica para a final da Taça da Liga. Hélder Postiga ainda começou a resolver a ausência de Liedson mas uma forte reacção encarnada não permitiu a recuperação do leão.

Numa primeira parte sem grandes oportunidades de golo, o Sporting adiantou-se no marcador na única oportunidade de golo junto à baliza de Roberto.

Hélder Postiga, aos 20 minutos, colocou os leões na frente do marcador na sequência de um livre cobrado por Vukcevic, no lado esquerdo do ataque leonino. O avançado antecipou-se a Roberto e de cabeça fez o 1-0.

O SL Benfica só reagiu perto do final da primeira parte empurrando o Sporting para o seu meio-campo defensivo.

Aos 32 minutos, Jorge Sousa assinala grande penalidade para o SL Benfica e respectivo cartão amarelo a Polga, por agarrar Javi Garcia na área. Na conversão do castigo máximo, Cardozo permite a defesa a Rui Patrício.

Na jogada seguinte, o avançado paraguaio redime-se da penalidade falhada, e após canto na direita faz o golo do empate de cabeça.

O golo do SL Benfica despertou a linha avançada encarnada e as situações de golo começaram a surgir com mais frequência junto da baliza de Rui Patrício.

As equipas foram para o balneário com o resultado em 1-1.

No segundo tempo, a primeira equipa a criar um lance de perigo foi o Sporting, com Matías Fernandez a rematar ligeiramente por cima da baliza de Roberto.

O SL Benfica respondeu por intermédio de Cardozo aos 50’ minutos, a passe na esquerda de Fábio Coentrão, mas o remate de pé direito do paraguaio saiu por cima da baliza de Rui Patrício.

Hélder Postiga aos 52’ minutos tira vários adversários do caminho e remata de primeira por cima do travessão. O avançado português esteve muito perto de dar a vantagem ao Sporting.

Aos 57’ minutos, Salvio viu o cartão amarelo por simular uma grande penalidade. O argentino isolado frente a Rui Patrício procurou a falta.

O Estádio da Luz com uma assistência de 49.652 espectadores gritou golo aos 63’ minutos após lance caricato de Rui Patrício e Óscar Cardozo. O guarda redes do Sporting demorou a tirar a bola da grande área rematando contra Cardozo que levou a bola a sair por cima da baliza leonina dando a ilusão de golo.

A intensidade de jogo do SL Benfica aumentou exponencialmente no último quarto de hora de jogo, com várias oportunidades de golo desperdiçadas.

Já em cima do apito final, Javi Garcia fez o 2-1, após um cruzamento na esquerda de Jara. A bola sobrou no coração da área e o médio espanhol teve apenas de picar a bola por cima de Rui Patrício.

O SL Benfica segue para a final da Taça da Liga pela terceira vez consecutiva.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.