O treinador do Benfica, Bruno Lage, lembrou hoje que as ‘águias’ dependem de terceiros para seguirem em frente na Taça da Liga de futebol, mas garantiu que pretende vencer na visita de sábado ao Vitória de Setúbal.

“Neste momento, não dependemos só de nós. Por isso, aquilo que está no nosso horizonte é preparar a equipa da melhor maneira, amanhã [sábado] vencer e depois esperar pelas contas do nosso grupo”, disse o técnico, em declarações à BTV.

A campanha do Benfica na competição, em que é recordista de troféus, com sete triunfos em 12 edições, não foi a melhor, e a equipa segue no terceiro lugar, com apenas dois pontos, resultantes de empates com Vitória de Guimarães e Sporting da Covilhã.

“Acho que fizemos um bom jogo com o Guimarães [0-0], o resultado ajusta-se, mas podíamos ter vencido pelo que fizemos na segunda parte. Depois, não vencemos na Covilhã [1-1] e não dependemos de nós”, analisou Bruno Lage.

O técnico não revelou nomes, em relação à possibilidade de recorrer a jogadores menos utilizados ou da formação no jogo com o Setúbal, referindo apenas que vai manter a forma de jogar.

“Não vamos mudar nada no que tem sido a nossa forma de pensar e de encarar esta competição. Isso não implica que não tenhamos um enorme respeito pela competição e não tenhamos a intenção de fazer o nosso melhor”, afirmou.

Lage disse ainda que, à semelhança do que fez o antecessor Rui Vitória, tem a oportunidade de estar numa posição, como técnico principal, em que, por vir da formação, pode lançar jogadores e dar projeção ao trabalho invisível de outros técnicos do clube.

“O que é importante é os adeptos e sócios perceberem que vamos manter a coerência nesta competição”, justificou.

Nas duas rondas anteriores do grupo B, Bruno Lage optou por um ‘onze’ em que incluiu jogadores menos utilizados, como Zlobin, Jardel, Nuno Tavares, Gedson, Jota, Caio Lucas e Zivkovic, este numa estreia absoluta esta época.

o Benfica tem que vencer o Vitória de Setúbal, no Bonfim, de preferência por mais do que dois golos, e esperar por um ‘tropeção’ do Vitória de Guimarães na receção ao Sporting de Covilhã, emblema do segundo escalão, que ainda está na luta no grupo B.

A liderança pertence ao Guimarães, com quatro pontos, seguido de Covilhã e Benfica, ambos com dois, enquanto o Vitória de Setúbal tem um ponto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.