Declarações de Carlos Carvalhal. treinador do SC Braga, à Sport Tv após o empate (0-0) com o Paços de Ferreira e, jogo da segunda jornada da fase de grupos da Taça da Liga.

Análise: "Não gostava de me alongar muito. Os meus jogadores foram fantásticos. Queria esclarecer os adeptos do Sp. Braga que vencer por 1-0 ou o 0-0 seria a mesma coisa. Teríamos de ganhar o último jogo. Os nossos jogadores foram absolutamente fantástico. Desperdiçámos sete ou oito oportunidades. Pecámos pela ineficácia. Merecíamos a vitória. Temos tudo em aberto. É um jogo difícil na casa do Boavista. Vamos ter tempo para pensar nele. Temos as nossas aspirações e queremos estar na final-four".

Expulsão de Francisco Moura: "Se fosse a expulsão... Adoro futebol, não queria falar muito", disse, lembrando o desgaste que a sua equipa vem acumulando.

Exibição da equipa: "Os nossos jogadores vêm de um desgaste grande, do jogo da competição europeia, da viagem. O jogo no Gil Vicente também foi difícil. Com dez juntos, dar mais um bocadinho faz 11. Jogámos como se estivéssemos 11 contra 11. Fiquei muito contente com a minha equipa. Estamos no 4.º ou 5.º jogo sem sofrer golos. Somos uma equipa coesa. Foram muitas oportunidades, não conseguimos concretizar", frisou.

Satisfeito com o que viu: "Estou extremamente satisfeito com a minha equipa, tenho uma verdadeira equipa. Nesta parte final corremos alguns riscos até de forma desnecessária. A equipa arriscou porque queria ganhar. A ideia era vencer, mas o jogo teve condicionalismos. Não gostava muito de falar sobre este jogo. I love football."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.