O capitão do FC Porto mostrou-se naturalmente insatisfeito com a segunda derrota consecutiva dos 'dragões', e lamentou a eliminação na Taça da Liga frente ao Famalicão. No fina do jogo, Helton abordou o futuro do grupo com optimismo, e assumiu que ainda há muito para conquistar este ano apesar de reconhecer que este não é um bom período para o FC Porto.

"O que é que o Porto tem de fazer? Vamos começar a trabalhar com o novo treinador, vamos ver o que é que conseguimos absorver de melhor, temos de ter personalidade e assumir (este momento)", começou por dizer Helton no flash interview da TVI24.

Questionado sobre a saída de Lopetegui do FC Porto, e o que espera agora com José Peseiro, Helton garantiu que vai continuar a apoiar o clube para dar a volta à situação.

"Foi díficil com a saída de Lopetegui? "Sabe que o futebol é complicado, quando não se consegue o resultado, os três pontos, fica mais fácil criticar, acho que independentemente do que vá acontecer daqui para a frente, não vou deixar de torcer, não vou deixar de amar, não vou deixar de apoiar, de lutar, e fazer o que for preciso para ajudar, mesmo de fora, não estou neste momento preocupado com o que já se passou. Não adianta voltar atrás", frisou o guarda-redes brasileiro antecipando o regresso de Casillas à titularidade no FC Porto.

"José Peseiro? Ainda há muito para conquistar, sem dúvida, eu como capitão desejo que o mister venha com a mesma alegira que sempre demonstrou dentro do futebol, com a mesma humildade de sempre, e que nos ajude, acho que a gente está a precisar, de se ajudar, e temos de trabalhar", sentenciou o guarda-redes do FC Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.