O SL Benfica vence ao intervalo o Paços de Ferreira por 2-0, com golos de Franco Jara e Javi Garcia. A equipa de Rui Vitória podia ter marcado antes do intervalo mas Moreira defendeu uma grande penalidade.

Franco Jara e Javi Garcia dão a vantagem ao SL Benfica (2-0) quando estão decorridos os primeiros 45' minutos da final da Taça da Liga. A equipa de Jorge Jesus entrou determinada em adiantar-se cedo no marcador, frente a um Paços de Ferreira desinibido.

Aos 17' minutos, o SL Benfica adiantou-se no marcador por intermédio de Jara, que de cabeça bateu Cássio, após excelente trabalho na esquerda de Fábio Coentrão.

O golo encarnado intensificou a moral nas bancadas do Estádio Cidade de Coimbra, praticamente cheio de adeptos do SL Benfica.

O Paços de Ferreira em desvantagem no marcador foi à procura do empate, e aos 29' minutos Pedro Proença assinalou uma grande penalidade cometida sobre Pizzi.

Chamado à conversão, Manuel José permitiu a defesa a Moreira, para gáudio dos adeptos nas bancadas.

Sem nada a perder, o Paços de Ferreira tentou ir para cima do SL Benfica, mas o conjunto encarnado está a saber controlar as operações no meio-campo.

Perto do apito para intervalo, o SL Benfica dilatou a vantagem por intermédio de Javi Garcia. O médio espanhol surgiu isolado na área, após livre largo da esquerda de Carlos Martins e depois de um primeiro desvio de Luisão, encostou para o fundo das redes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.