Após a eliminação do Braga na final four da Taça da Liga, ao perder nas grandes penalidades com o Sporting, Abel Ferreira sentou-se na cadeira da sala de conferências de imprensas e fez um monólogo de mais de três minutos a criticar vários elementos que dirigem o futebol português, acabando por dar vários murros na mesa.

Antes, em março de 2015, Sérgio Conceição, na altura treinador do Braga, não conteve a sua irritação na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Benfica, ao repudiar de forma veemente as acusações de alegada falta de empenho dos minhotos na jornada anterior contra o FC Porto.

O agora treinador do FC Porto criticou duramente os comentadores que ao longo da semana levantaram dúvidas sobre o seu profissionalismo e ripostou, dando um murro na mesa.

Voltando a Abel Ferreira, não é a primeira vez que o treinador do Braga se exalta. Em janeiro de 2018, Abel Ferreira quis colocar todos os pontos nos 'is' em relação às polémicas que têm envolvido o seu nome e o nome do SC Braga, depois de ter sublinhado que anda no "futebol de cara limpa e levantada”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.