A Oliveirense entrou hoje a ganhar na edição 2010/11 da Taça da Liga de futebol, ao derrotar o Santa Clara em casa por 2-1, na primeira jornada do Grupo C da primeira fase.

A Oliveirense entrou melhor e conseguiu chegar ao golo logo nos primeiros instantes do encontro. Aos cinco minutos, e após uma boa jogada colectiva da equipa orientada por Pedro Miguel, o jovem avançado Pedrinho inaugurou o marcador, após assistência do médio Zé Pedro.

O Santa Clara reagiu bem ao golo sofrido e por pouco não chegava ao empate logo nos minutos seguintes, num livre de Jorge Monteiro.

Os açorianos tentavam reagir, mas a Oliveirense nunca baixou o ritmo e mostrou ser uma equipa mais consistente na primeira metade e com maior ligação entre sectores.

Ao minuto 22, Clemente foi derrubado dentro da área por Diogo Silva. Na conversão da grande penalidade, o médio Rui Lima ampliou a vantagem da Oliveirense para 2-0, com um remate seco e frontal.

Até ao intervalo, destaque para nova reacção do Santa Clara. Jorge Monteiro, de bola parada, assustou Bruno Vale e Tengarrinha, após arrancada de 50 metros, rematou ao lado da baliza oliveirense.

A equipa de Bruno Moura entrou melhor na segunda metade e tentou recuperar da desvantagem. Logo a abrir Renan “avisou” a Oliveirense com um remate ao lado.

Aos 74 minutos Nuno Lopes marcou para a Oliveirense, mas o golo foi anulado por fora de jogo.

O Santa Clara pressionou na segunda metade e conseguiu reduzir a dois minutos dos 90, quando Renan marcou um livre na direita e Edgar desviou com o pé e bateu Bruno Vale, mas os instantes finais não foram suficientes para a equipa “encarnada” chegar à igualdade.

Na segunda jornada do Grupo C da Taça da Liga, a Oliveirense visita o Varzim, enquanto o Santa Clara viaja até ao terreno do Estoril-Praia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.