Declarações de Rúben Amorim, treinador SC Braga, em conferência de imprensa, após o triunfo por 2-1 sobre o Sporting, no Estádio Municipal de Braga, das meias-finais da Taça da Liga.

"O grupo está de parabéns, é importante para o SC Braga estar nas finais, ter estas vitórias consecutivas. O SC Braga teve sempre o controlo do jogo, os últimos 15 minutos foram mais equilibrados porque perdemos alguma pressão no meio. Estava difícil, mas conseguimos ganhar no final do jogo. O SC Braga foi superior contra 11 ou contra 10. Quem entrou, entrou bem e, por isso, é uma vitória justa".

"FC Porto ou Vitória de Guimarães na final? Obviamente não tenho preferência, o importante é estar na final. Defrontar o FC Porto nunca é uma vantagem, é sempre difícil, o mesmo acontece com o Vitória de Guimarães. Uma final com o Vitória traria outra coisa para a cidade, para o aspeto psicológico, e a nível de motivação, por aí seria diferente. Vamos esperar para ver. O Vitória é uma grande equipa e o FC Porto também. Quem vier, teremos de estudar bem."

[Esta é a quarta vitória em quatro jogos] "Está sempre aqui um bichinho na cabeça a dizer-me que isto muda de um dia para o outro. Está muita gente à espera da minha primeira derrota... Como disse o mister Sérgio Conceição, que falou disso, quando há muitas vitórias há aplausos, quando se perde nem por isso. Quando chegar a primeira derrota logo se verá, mas eu e os jogadores vamos fazer tudo para adiar esse momento."

[Sobre a confusão após a expulsão de Mathieu] "O Mathieu foi ao nosso balneário, puxou pelo Esgaio e pediu desculpa ao jogador. Ver um jogador desta categoria fazer isto realça a sua qualidade e a grandeza do clube dele."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.