Rui Vitória enalteceu o triunfo do Benfica sobre o Paços de Ferreira, em jogo da primeira jornada da fase de grupos da Taça da Liga. O técnico ´encarnado` distribuiu o louro do recorde de 44 vitórias em 2016 por toda a gente e lembrou que este serve de motivação e que de nada servirá se o Benfica não continuar a trabalhar da mesma forma em 2017. O técnico não confirmou se Lindelif fica ou sai em janeiro.


Entrar a vencer: "Era importante começar a ganhar e com um jogo em casa. Vencemos justamente uma equipa bem organizada defensivamente. O jogo esteve sempre controlado pelo Benfica, o Paços de Ferreira não teve oportunidades. Podíamos ter feito mais um ou outro golo, mas o que importante é que ficamos com os três pontos."

44 vitórias no ano de 2016: "Terminamos o ano com um registo fantástico e isso é o resultado do trabalho de muita gente, gente que merece ser reconhecida por isso. A começar pelos jogadores, que são eles que executam, e depois outras pessoas que trabalham diariamente, um trabalho na sombra. Estamos contentes, mas este 2016 serve de motivação, não serve para ganhar 2017. Se não fizermos pela vida esta ano não se repetirá."

Lesão de Jimenez: "A princípio não será grave mas agora é o departamento médico quem irá dar essa informação."

Lindelof de saída?: "Amanhã estará a treinar connosco. Ficou de fora dos 18 como outros. O presidente sabe bem o que fazer com os destinos do clube. Não há nenhum jogador que não esteja comprometido com o Benfica, porque isso seria um tiro nos pés das respetivas carreiras."

Jardel: "Temos cinco centrais, todos de grande valor. Estamos tranquilos com o rendimento de toda a gente."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.