Jorge Jesus antecipou esta segunda-feira o derradeiro jogo da fase de grupos do Sporting que será realizado em Arouca, frente à formação local. O treinador verde e branco garantiu que ainda há hipóteses de os leões seguirem em frente mesmo que esta prova não seja a mais importante do calendário.

O técnico do Sporting antecipou a partida entre o Arouca e o Sporting, em partida da terceira jornada da Taça da Liga. Apesar da equipa leonina se encontrar numa posição difícil para seguir em frente na competição, Jesus acredita que ainda é possível seguir em frente.

"Apesar de sabermos que estamos dependentes de terceiros e mesmo assim temos de ter um 'goal-average' superior, pois só a vitória não chega. De qualquer maneira, principalmente no jogo em Portimão, não quisemos por em risco o jogo com o Paços de Ferreira. Ainda temos uma possibilidade e vamos agarrar-nos a ela, com a ideia e com a estratégia que fizemos em Portimão. Vou convocar 4/5 jogadores da equipa B, os quais nos vão permitir equilibrar a equipa para o jogo em Arouca. Não sei bem qual é a equipa que o Arouca vai apresentar. Eles já não têm possibilidades nenhumas… De certeza que não será a melhor equipa do Arouca a entrar amanhã em campo. Há outras prioridades também para o Arouca", afirmou à Sporting TV.

O técnico, no entanto, salientou que esta competição não é prioritária para o Sporting.

"O que é importante é que a equipa que jogar do Sporting possa estar à altura de, pelo menos, vencer o jogo e depois esperar pelo resultado do P. Ferreira-Portimonense. Estamos empenhados e ainda nos resta esperança. Se sentíssemos que [esta competição] era muito importante, teria apostado noutra equipa em Portimão e teríamos ganho."

Jorge Jesus frisou ainda que as mudanças que fez na equipa no encontro frente ao Portimonense permitiu ao Sporting apresentar-se com maior qualidade frente ao Paços de Ferreira, encontro em que o clube de Alvalade venceu por 3-1.

"Estas modificações são para que a equipa que tem jogado mais possa chegar aos jogos do campeonato e corresponderem à qualidade de jogo que o Sporting apresentou, por exemplo, em Paços de Ferreira. Se eu não tenho feito a rotação da equipa em Portimão, não tínhamos apresentando a qualidade de jogo que tivemos em Paços de Ferreira. Isto foi fruto da forma como abordamos o jogo de Portimão."

O Sporting desloca-se esta terça-feira ao terreno do Arouca, onde vai discutir o acesso à próxima fase da Taça da Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.