O membro do conselho diretivo do Sporting Miguel Nogueira Leite manifestou hoje ambição de conquistar a Taça da Liga de futebol pela terceira vez consecutiva, frisando que os 'leões' estão inseridos no único grupo só com clubes primodivisionários.

Num dia em que o holandês Marcel Keizer deixou o comando técnico dos ‘leões’, o clube de Alvalade ficou também a saber que vai defrontar Rio Ave, Portimonense e Gil Vicente na terceira fase da Taça da Liga.

“Um sorteio em que o Sporting calha no único grupo que só tem equipas da primeira Liga, que são boas equipas. Objetivo é sempre o mesmo, ganhar todos os jogos, chegar a janeiro e tentar novamente ganhar para sermos pela terceira vez consecutiva campeões desta prova”, referiu Miguel Nogueira Leite, após o sorteio realizado no Auditório do Parque dos Poetas, em Oeiras.

Também o presidente do Rio Ave, António Silva Campos, teceu um breve comentário sobre o grupo C, considerando que “não foi muito favorável” para os vila-condenses.

“Não foi muito favorável, mas temos de ser positivos. Acreditar no nosso valor, com o pensamento sempre na vitória e vamos fazer o nosso melhor. Temos dois jogos fora, uma viagem a Portimão cansativa e temos novamente o Sporting [depois do jogo para o campeonato na última jornada]”, declarou.

O clube anfitrião da prova, o Sporting de Braga, colocado na ‘poule’ A com Marítimo, Paços de Ferreira e o ‘secundário’ Penafiel, enalteceu a importância de voltar a receber a ‘final four’ da competição em janeiro de 2020, porém, realçou a intenção de discutir o troféu perante o seu público.

“Levamos esta competição muito a sério. Já a vencemos e já fomos finalistas. Essa parte de sermos anfitriões é uma parte muito importante. Estamos num grupo que vai exigir de nós muito trabalho e traz muitas dificuldades. Queremos estar, seguramente, na fase final desta competição”, sublinhou Rui Casaca, representante dos minhotos.

Por fim, o representante do FC Porto Fernando Gomes assumiu o desejo de vencer o troféu, sem esquecer de frisar que vão respeitar os adversários do grupo D, o estreante Casa Pia, recém-promovido à segunda liga, o Santa Clara e o Desportivo de Chaves, também do segundo escalão.

“Os nossos princípios são respeitar os adversários e jogar sempre para ganhar. Uma palavra ao Casa Pia que está de volta às grandes competições, palavra de simpatia e de boas-vindas. Pensamos que podemos chegar à final e procurar ganhar”, disse.

O Benfica, recordista de vitórias (sete), jogará no grupo B, com o Vitória de Guimarães, o Vitória de Setúbal e o Sporting da Covilhã, da II Liga.

Os encontros serão disputados em 25 e 26 de setembro (primeira jornada), 05 de outubro (segunda) e 21 e 22 de dezembro (terceira), com os quatro vencedores dos agrupamentos a seguirem para a ‘final four’, em 21, 22 e 25 de janeiro de 2020.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.