O treinador do Benfica, Jorge Jesus, remendou hoje a defesa ‘encarnada’, face à razia provocada pelas infeções pelo coronavírus, enquanto o avançado Paulinho falha o ‘onze’ do Sporting de Braga, na meia-final da Taça da Liga de futebol.

Sem os centrais Otamendi e Vertonghen, nem os laterais Gilberto, Diogo Gonçalves, Grimaldo e Nuno Tavares, o técnico do Benfica reconstruiu a defesa, colocando João Ferreira à direita, o ‘capitão’ Jardel e Todibo no centro, com Cervi, provavelmente, a recuar na esquerda.

Relativamente ao empate no terreno do FC Porto (1-1), na sexta-feira, Jorge Jesus trocou todo o setor defensivo, a começar pelo guarda-redes, apostando em Helton Leite, em detrimento de Vlachodimos.

Os avançados Darwin e Seferovic continuam no ‘onze’, tal como Weigl, Pizzi, que deverá descair do meio para a direita, face à entrada de Taarabt, e Rafa, provavelmente a começar na esquerda, num lugar que foi de Grimaldo no Dragão.

Apesar do ‘desfalque’ na defesa, onde também falta o lesionado e polivalente André Almeida, as infeções pelo novo coronavírus condicionam também as opções para as zonas mais avançadas, com a ‘baixa’ de Waldschmidt.

Do lado bracarense, o avançado Paulinho, que já não tinha alinhado na derrota no terreno do Paços de Ferreira (2-0), no sábado, para a I Liga, vai ficar no banco, mantendo-se Abel Ruiz como a referência ofensiva do conjunto orientado por Carlos Carvalhal.

Relativamente a esse encontro, regista-se apenas uma alteração, com a saída do ‘onze’ do defesa central Bruno Viana, por troca com Tormena.

Assim, o Sporting de Braga deve alinhar com um quarteto defensivo composto por Ricardo Esgaio, Tormena, David Carmo e Sequeira, à frente do guarda-redes Matheus.

O meio-campo vai ser ocupado por Castro, Al Musrati e Fransérgio, enquanto Ricardo Horta e Galeno vão estar em zonas mais adiantadas do terreno, no apoio a Abel Ruiz.

Onze do Sporting de Braga: MatheusTormena, Sequeira, Al Musrati, David Carmo, Ricardo Horta, Abel Ruiz, FransérgioEsgaio, Castro e Galeno.

Onze do Benfica: Helton Leite; João Ferreira, TodiboJardel e CerviTaarabtWeigl e PizziRafaSeferovic e Darwin.

Suplentes do Sporting de Braga: Tiago Sá, Rolando, Raúl, João Novais, André Horta, Piazon, Paulinho, Iuri Medeiros, Schettine.

Suplentes do Benfica: Vlachodimos, Ferro, Everton, Gabriel, Chiquinho, Samaris, Pedrinho, Ferreyra, Gonçalo Ramos.

Sporting de Braga e Benfica defrontam-se hoje, a partir das 19:45, no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria, sob arbitragem de Fábio Veríssimo, da associação de Leiria, na segunda meia-final da 14.ª edição da Taça da Liga, que já tem o Sporting como finalista, depois da vitória frente ao FC Porto, por 2-1, na terça-feira.

O Benfica procura a oitava final na competição, após os sete títulos, conquistados em 2008/09, 2009/10, 2010/11, 2011/12, 2013/14, 2014/15 e 2015/16, que o fazem recordista de troféus.

Já o Sporting de Braga, detentor do troféu, tenta estar pela quarta vez na final, depois de ter vencido a prova em 2011/12 e 2019/20 e sido finalista vencido em 2016/17.

A final da Taça da Liga está marcada para sábado, também em Leiria, às 19:45.

*Artigo atualizado às 19h31

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.