"O único resultado que interessa é a vitória, que conta como factor de desempate. Queremos continuar na competição, não só pelo significado da prova, mas porque é um dos objectivos da Académica pelo aspecto financeiro que representa para o clube", disse o técnico, em antevisão ao jogo da terceira jornada do grupo A.

Consciente que só a vitória permite esse objectivo, face aos empates a zero nos dois jogos já realizados (o Beira-Mar empatou em Coimbra e na recepção ao Portimonense), o técnico antevê uma partida "difícil", face a um adversário moralizado por ter voltado ao primeiro lugar da Liga de Honra e por ter novo timoneiro (Litos).

"A nossa predisposição mental é sempre ganhar. Temos consciência daquilo que podemos fazer. Desde que cheguei à Académica temos cumprido as nossas obrigações”, concluiu o técnico.

O jogo entre a Académica e o Portimonense disputa-se quarta-feira, a partir das 20:15, em Portimão, com arbitragem de Marco Ferreira, da Madeira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.